sábado, 3 de agosto de 2013

Quando a realidade bate a ficção #1


Ontem, na categoria notícias do mundo, deparei-me com a seguinte parangona:

"Conselho de rebeldes sírios baniu croissants"


Pelos vistos, são um símbolo de "opressão colonial".  E pensar que a Viennoiserie é culpada, não só de abusar da manteiga, como dos males de toda uma nação! Impressionante.


Gostaria de partilhar 3 pontinhos:

1 - A realidade bate, sempre, a ficção.

2 - Álvaro, talvez não seja tarde demais para apostares na exportação de pasteis de nata!
Os mercados estão famintos por pastelaria diplomática!
E se os asiáticos adoram os "dan ta", quem sabe se não cativas os sírios?


 

3 - Eu cá sou pelos croissants. Sempre.