sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

cromices #8: Superstições...





Há uma vida atrás era tão, mas tão supersticiosa, que quando me vinham com conversas sobre casamento, noivado, união de facto, conhecer a família, ou qualquer outro tirado do capítulo "compromisso", pelo sim, pelo não, batia três vezes na madeira, fazia figas e murmurava "vade retro".
Se conseguisse ser discreta q.b., pelo meio, ainda era capaz de me benzer e atirar sal sobre o ombro.