domingo, 29 de junho de 2014

To do list #1: Revisitar Lisboa





Há dias, a Vespinha falou sobre como é maravilhoso ser turista na própria cidade. (aqui)


É um tópico no qual me revejo. Adoro ser turista em Sintra: dispensar o carro, caminhar ao sabor do improviso, revisitar os monumentos tentando envergar os olhos de quem os visita pela primeira vez, conhecer o comércio local, palmilhar o verde da Serra.


A Vespinha fala de como é (igualmente) maravilhoso ser turista em Lisboa, e por incrível que pareça, andamos há que tempos para revisitar Lisboa como turistas. E é algo que temos mesmo que fazer, o quanto antes!


Quando era miúda, ir a Lisboa não significava propriamente lazer e diversão. Na maioria das vezes ia-se a Lisboa pelos motivos mais chatos: uma ida a um médico especialista, uma qualquer burocracia morosa.


Anos depois, eu faria parte do imenso movimento pendular de milhares de pessoas que entram e saem de Lisboa, todos os dias, por obrigação. O nosso país é lindo, e Lisboa contribui sem dúvida para tal, mas sinceramente achei difícil apaixonar-me pela cidade naquele contexto, em que todos parecemos o coelho branco da Alice no País da Maravilhas, sempre apressados, presos no trânsito ou reféns de um frustrante sistema de transportes públicos, em que olhos são alheios à beleza porque o cérebro está focado em toda uma lista de afazeres.


Portanto, urge despir-me desses velhos hábitos, e ser turista também em Lisboa, assim como faço na minha terra. Descobri-la finalmente.