quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Coisas de pensar: nós e os lobos






Conhecer o mundo dos animais ditos irracionais ajuda a perceber muito da psicologia humana.


Numa alcateia os lobos dividem-se em três categorias: os alfas, os betas e os ómegas.


No topo da hierarquia lupina encontra-se o casal alfa: são os maiores, os dominantes, os mais fortes, os primeiros a comer.


Na base da pirâmide estão os ómegas. São estes os underdogs, os últimos, os que não geram conflitos porque aceitam a sua posição.


Entre ambos, estão os betas. Os segundos que vivem em maior proximidade com os alfas. Fossem culpados de algum pecado, e seria o da inveja, pois a sua vida é marcada pela ânsia de tomar o lugar dos alfas, embora lhes sejam subservientes.


Adoro animais e adoro lobos. Também por todos estes paralelismos com a psique humana, que são uma fonte de conhecimento inesgotável.


Por isso vos digo: não são os alfas deste mundo que temo, são os betas.