terça-feira, 18 de novembro de 2014

cromices #57: A preparar-me para o Inverno...



Cá por casa usa-se muito a expressão "ursa na gruta" em relação à minha pessoa.

Eu nem discuto. Já me rendi ao facto que sou um animal. Que tantas e tantas vezes, os meus instintos animalescos estão muito mais despertos e saem-me com maior naturalidade, do que propriamente isto de ser pessoa, humana, e a necessidade de às vezes pensar antes de agir como tal, como se fosse algo novo, uma lição ainda não assimilada totalmente.

E eu sou um animal que hiberna.

E como os animais que hibernam, chegado o Outono, aumenta a letargia e o apetite. O corpo pede calorias, calor, aconchego, não está virado para práticas desportivas nem grandes aventuras.

Confirma-se: "ursa na gruta" assenta-me que nem uma luva.