terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Vida de cão #11: A saúde oral dos cães



Li algures que a partir dos 36 meses, 70% dos cães desenvolvem doenças dentárias.

Calhou a dar com isto nas muitas pesquisas sobre tudo relacionado com canídeos que fizemos mal decidimos que íamos acrescentar o Kiko à família.

Confesso que a primeira reacção ao deparar-me com artigos sobre como escovar os dentes a cães foi desatar-me a rir, num misto de divertimento e incredulidade. Esta gente está a falar a sério?! - pensava eu. Pois se sempre conheci gente com cães, e nunca, mas nunca havia ouvido um comentário sobre isto!

Já conhecia sim as guloseimas tipo "dental sticks" que devido à sua forma são eficazes para limpar os espaços entre dentes, e até ajudam a combater o tártaro e o mau hálito.
Também existem bolas de borracha e uma inúmera variedade de brinquedos com uns "dentinhos" cuja função é a mesma: limpar os dentes enquanto o cão se entretém a roer.

Mas lá dizia Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se". Num curto espaço de tempo aceitei a ideia que tinha que acrescentar a escovagem dos dentes à rotina do Kiko, mas a minha incredulidade residia agora na questão de "como raios é que se convence um cão a isto?!".

Na realidade foi muito, mas muito mais fácil do que poderia ter imaginado. De tal forma, que é-nos bastante mais fácil lavar-lhe os dentes do que escovar-lhe o pêlo.

Basicamente aproveitámos o facto de que o Kiko nos segue para todo o lado, inclusive para a casa de banho, mesmo nos momentos em que adorariamos ter alguma privacidade, confesso.
Tudo o que fazemos, ele observa com atenção e curiosidade. Se me penteio, não descansa enquanto não cheira e mordisca o cabo da minha escova.
Um dia, enquanto lavava os dentes, deixo-o cheirar a escova com pasta à distância. Lambeu-se. Pareceu gostar.
Comecei a fazer o mesmo todas as vezes que ia lavar os dentes. Ele até reclama se não faço.

Comprámos então um kit para a higiene oral dos cães: vinha com pasta própria, (porque nunca se deve dar da nossa por motivos de saúde), e uma escova com duas cabeças de diferentes tamanhos.

Desde a primeira vez que tudo corre bem. Sentamo-lo em cima do tampo da sanita, e enquanto ele lambe a escova e pasta, vamos fazendo os possíveis para esfregar docilmente os dentinhos e as gengivas. É um procedimento muito rápido por enquanto, porque ainda são os dentinhos de leite e quero que ele continue a gostar deste ritual.

E vocês, também escovam os dentes ao vosso cão?