segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Vida de cão #14: sopa para cães



O Kiko anda na "fase dos dentinhos".
Esta fase da troca dos dentes de leite pela dentição definitiva causa-lhe um óbvio desconforto. Está permanentemente a querer roer tudo, anda um babão, com um feitio especial, sangra das gengivas e embora coma ração nota-se que o apetite pela mesma diminuiu, certamente pela dificuldade que é mastigá-la nesta altura.

Então, ontem, depois de confirmar a lista de vegetais que um cão pode comer, fiz-lhe um creme de legumes com batata, courgette, cenouras e umas folhas de couve coração. Sem sal e apenas com umas gotinhas de azeite.

Quando a sopa esfriou servimos-lhe uma tacinha com um pouco mais de uma concha. Bebeu-a em menos de nada. Adorou.

Há pouco, servi-lhe mais uma dose. O entusiasmo repetiu-se.

Não me preocupa que ele perca o gosto pela ração. Até porque ele não deixou de a comer. Come é menos, e de forma mais morosa. Neste cenário em que há uma óbvia dificuldade por motivos de saúde prefiro garantir-lhe que ele tem, a nível da alimentação, alternativas. Prefiro garantir que ele anda de barriga cheia, bem alimentado.

Quando esta fase passar, volta-se ao normal, com menos mimos.