segunda-feira, 2 de novembro de 2015

coisas de opinar: As promoções e, as promoções...



Por todo o lado, durante todo o ano, em tudo o que é comércio, abundam as promoções, de todos os valores, formas e feitios. De tal forma que nos é habitual, numa base quase diária, trazer um produto que tenha sido bafejado pelo espírito dos descontos e ofertas.

Nestes últimos dias cruzámo-nos com duas promoções, bem distintas entre si, que por terem sido experiências duais, servem para dizer que relativamente a este tema, nem tudo o que reluz é ouro, mas que mesmo assim compensa continuar a garimpar.

A primeira, e a que recebe o título indubitável de experiência positiva, foi o desconto que houve nas lojas Rádio Popular: 20% de desconto directo em todos os produtos da marca HP, que é o melhor tipo de descontos que há pois dispensam aquelas tretas com os cartões da loja, talões e afins, e a obrigatoriedade associada de voltar para uma nova compra.
E nós que falávamos em trocar o meu pc velhinho por um portátil há que tempos, aproveitámos com grande satisfação a oportunidade de o fazer com tão significativo desconto.

A segunda, que serve para representar o outro lado da moeda, ocorreu hoje numa normal e rotineira ida às compras. Não é o nosso híper habitual, mas aconteceu aproveitarmos estar na proximidade de um Pingo Doce para irmos fazer umas compras. Perto da secção da peixaria, um cartaz chamava a atenção para um expositor "leve 3 produtos da marca X e receba uma geleira", com imagem dos mesmos e da oferta. Os produtos eram cuvetes onde se apresentavam lombos de bacalhau e salmão previamente temperados segundo diversas receitas. O produto parecia interessante, mas faltava informação sobre o preço. Bastou perguntar, e uma solícita funcionária resolveu a coisa. Decidimos levar três, e a segunda funcionária que questionámos sobre a geleira de oferta estava a leste. Agarrámos na coisa e fomos para a caixa: "Ah é promoção e tal, mas mesmo assim tenho que passar no sistema e depois é subtraído e coiso e tal".

Um hábito que adquirimos há um bom tempo e que havemos de manter porque nos serve bem é o de conferir o talão de compra, linha por linha, antes de sair da loja. Neste caso valeu a pena, porque o valor da geleira de oferta havia sido efectivamente cobrado, nunca subtraído do total.
Resolveu-se mas não sem antes ter dado por mim a pensar no desperdício de tempo que me estava a causar aquele item pouco interessante, que nunca traria se não estivesse publicitado como oferta.