segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

cromices #104: Desejo de ano novo #1



Pouco passa das 7h da manhã quando o Kiko dá sinal que quer ir à rua.

Viro-me para o lado da janela e abro os olhos. O cenário está tudo menos convidativo. O vento uiva e o dia ainda não nasceu.
Levanto ligeiramente o pescoço, o suficiente para ver para lá da grande muralha de almofadas e espreitar as horas. "Oh Kiko, aguenta só mais uns minutos. Só mais cinco minutinhos, prometo!"
Ele volta a subir para cima da cama e ataca-nos, à vez, com lambidelas numa avidez de ver qualquer um de nós levantar-se. Como bons pais que somos vamos jogando ao jogo do empurra: "Oh Kiko, vai chatear a tua mãe"; "Oh Kiko, vai ter com o pai".

Mais uns guinchinhos lamurientos do menino, e sai um "Ahhhh, porque é que não sabes ir à sanita?! Isso é que era!"