quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

coisas que gosto #21: Este primeiro dia do ano



Não imagino melhor forma de começar o primeiro dia do ano do que ir de manhã até à praia.

Adoro praia, a qualquer altura, de dia ou de noite. Mas, no Inverno é especial. Os elementos estão mais presentes, são mais fortes.
A Natureza através das ondas, do vento, não se limita a murmurar. Faz-se ouvir, acima de toda e qualquer presença humana.

Pouca gente, tal como gosto mais. Nós, alguns surfistas, pessoas que brincam com os seus cães no areal. Outras quedam-se, estáticas, a mirar o horizonte. Todos sorrimos. O sal limpa-nos até à alma, purifica-nos, e isso nota-se nos semblantes de serenidade e satisfação que todos partilham.
As pessoas sorriem e ao cruzarem-se trocam cumprimentos e votos de bom ano.

É uma forma feliz de começar esta tábua rasa que é o recomeçar de um novo calendário.

A juntar às coisas boas deste dia primeiro, o Kiko conheceu o primeiro amigo canino. Cheiraram-se e em menos de nada estavam prontos para uma salutar brincadeira. Deixou-nos felizes ver com que facilidade aconteceu a interação com outro animal.

Está a ser um óptimo dia. E ainda vai a meio.