segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

cromices #142: Como te compreendo, miúdo!



Calhou observar, da janela, a tentativa de um dos meus vizinhos de sentar o filhote no carro.
A criança ia visivelmente descontente. Chorava. O pai tenta acalmá-lo em vão. Solta um lamento: "Casa! Caaaaaaaaasa!"

Como te compreendo, miúdo! Especialmente nas manhãs de Inverno.