quinta-feira, 8 de outubro de 2015

coisas de uma virginiana: A cábula.



É fácil confundir um nativo do signo Virgem com alguém que sofra de Perturbação Obsessivo Compulsiva.
Graçolas à parte, diz a amiga Wikipédia que " é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos e compulsivos, no qual o indivíduo tem comportamentos considerados estranhos pela sociedade ou por si próprio; normalmente trata-se de ideias exageradas e irracionais de saúde, higiene, organização, simetria, perfeição ou manias e "rituais" que são incontroláveis ou dificilmente controláveis."
Texto que poderia muito bem ter sido retirado de um qualquer horóscopo de revista, se se referisse ao signo de Virgem.

Querem um exemplo bem real? Pois aqui vai:

Durante este semana tive que ir a Lisboa tratar de umas coisas. Há anos que não ia a Lisboa de transportes públicos.

Como era a primeira vez que ia a determinado sítio, de véspera preparei uma cábula.
Uma simples folha de papel onde apontei, depois de explorar a morada no Google maps e outros sites, os horários do autocarro e do comboio, (ida e volta), em que estação deveria sair, detalhes do trajecto até ao destino, a distância até ao mesmo, e pontos de referência visuais. Acrescentei o horário de funcionamento do local a que me dirigia e um contacto telefónico. Garanti que o telemóvel tinha a bateria carregada.

Parece exagerado?! Claro! Não só parece como é! Tenho plena consciência disso. Mas se há coisa que me dá cabo dos nervos, como boa virginiana que sou, é ir ao deus dará, despreparada. Como levei a cábula não stressei uma única vez e consegui ir com olhos prazenteiros, como se fosse uma turista a passeio.